SINGAPURA

1/4
Quando Ir?
Singapura é um destino visitado o ano todo e não tem estações muito bem definidas. A cidade-estado está localizada numa extremidade da península malaia, no hemisfério norte, mas bastante próxima da linha do Equador.
 
A temperatura média anual do lugar é de 27°C e esse número não varia muito ao longo do ano; no verão, a média sobe para 28°C e, no inverno, permanece nos 27°C. A sensação térmica, no entanto, é sempre mais alta do que esses números… Então, prepare-se para sentir calor!
 
As chuvas estão bem distribuídas ao longo dos meses, com uma tendência maior a chover nos meses de inverno (novembro, dezembro, janeiro, fevereiro). Chover não é incomum em Singapura, então tenha em mente que isso poderá acontecer ao longo do dia e não deve ser motivo para deixar de aproveitar a cidade.
 
Chuvas passageiras ocorrem com frequência e com a mesma rapidez que chegam, vão embora. 
 
Faz calor o ano inteiro e como a umidade é alta na cidade, às vezes temos a sensação de estar muito quente. Suar ao sair na rua é natural e passear ao ar livre próximo ao meio-dia pode não ser muito confortável, por isso tente concentrar suas atividades em locais abertos pela manhã ou no fim da tarde. Roupas leves e confortáveis são uma excelente pedida para aproveitar a cidade. 
O que Fazer?
Singapura é um lugar cheio de coisas para fazer e um destino que funciona como modelo para outras cidades do mundo. A cidade algumas vezes parece ter sido feita para agradar, tamanha a perfeição com que certas coisas funcionam e a grandiosidade de algumas atrações. 
 
Para conhecer o lado moderno da cidade, não perca um passeio pela região da Marina Bay, onde fica o incrível hotel Marina Bay Sands, um dos mais caros empreendimentos hoteleiros do mundo e onde fica a tão famosa piscina de borda infinita com vista panorâmica. Na região, também fica a roda-gigante Singapore Flyer, além do incrível jardim botânico modernista  Gardens by the Bay, que tem árvores artificiais transformadas em jardins verticais que geram energia para o Flower Dome e a Cloud Forest, enormes estufas que reproduzem o clima e vegetação de diferentes locais no planeta.
 
Um passeio muito gostoso é caminhar pelo Waterfront de Singapura, onde passa o Rio Singapura e fica a Marina Bay. O passeio é agradável, permite ver o lindo cenário da cidade, suas pontes e observar pontos de interesse simbólicos, como o Merlion, uma figura mitológica que e é metade peixe e metade leão e se tornou símbolo de Singa.
 
Caminhando por ali, você terá uma visão privilegiada do hotel Marina Bay Sand e pode até dar um pulo do Raffles Hotel, onde foi criada a bebida Singapore Sling. Outra dica é passear de barco pelo rio Singapura no fim de tarde um passeio clássico e muito legal. Pela noite, estique a caminhada até Boat Quay e principalmente Clarke Quay, onde existem bares com música ao vivo e rola bastante agito.
 
Para quem gosta de museus, há a opção de visitar o Asian Civilization Museum e o ArtSciencie Museum, que está longe de ser um passeio monótono e tem várias atrações interativas é um ótimo programa para crianças! Para passear ao ar livre, não perca o Jardim Botânico, que tem um dos maiores orquidários do mundo (simplesmente espetacular!). E para quem gosta de animais, vale ir ao Singapore Zoo e fazer o Night Safari, que simula um safari em que se pode ver animais de hábitos noturnos. 
 
Reserve ao menos um dia da viagem para ir para Sentosa, que, em palavras simples, seria uma “ilha de diversão”. O lugar pode ser acessado através de um teleférico e tem praias artificiais boas para pegar um solzinho ou praticar esportes aquáticos. Além disso, a ilha ainda abriga um Merlion gigante e o Universal Studios, parque de diversão com atrações interessantes para pessoas de todas as idades. 
Como Chegar?
Singapura está localizada no sudeste Asiático e, portanto, bastante distante do Brasil. Os voos para a cidade-estado exigem ao menos uma conexão e podem ser feitos com diversas companhias aéreas. A viagem dura ao menos 24 horas, e tanto o tempo de viagem como o trajeto das aeronaves dependerão da companhia aérea utilizada para o percurso.
 
Saindo do aeroporto de Guarulhos (São Paulo), há a opção de voar até Singapura com Swiss (via Zurique), Qatar (via Doha), Emirates (via Dubai), Turkish (via Istambul) e outras companhias através de seus acordos e alianças comerciais. Singapura tem sua própria companhia aérea, a Singapore Airlines, que é muito bem conceituada mundialmente. A Singapore realizava voos no Brasil, mas anunciou que deixaria de operar no país em outubro de 2016.
 
Independentemente da empresa que você utilizar, se viajar por Singapura de avião, terá a oportunidade de conhecer o Changi Airport, que é o aeroporto internacional da cidade. Ele é considerado o melhor aeroporto do mundo e é tão diferente de outros aeroportos que é até considerado um ponto turístico, tamanha sua peculiaridade. Ele está a cerca de 20 km do centro e tem três terminais, em cada um desses terminais existem “atrações”, como cinema gratuito, jardins ao ar livre, borboletário e até piscina. Para quem fica no local apenas por algumas horas para fazer conexão, existe um tour gratuito que leva aos principais pontos turísticos da cidade. 
 
Como sair do Aeroporto
O aeroporto Changi se conecta à região central de Singapura através de ônibus, trem e táxis. A forma mais barata de realizar o trajeto é com o transporte público, tanto ônibus quanto trens. O transporte público da cidade é muito eficiente e tem um bom custo/benefício. 
 
A linha de ônibus que serve o aeroporto é a 36/36A. Quanto aos trens, a estação do aeroporto chama-se Chang Airport Station e faz parte da linha East West Line. Saindo da estação de trem do aeroporto, você irá para a estação Tanah Merah e então até o seu destino final, fazendo as baldeações necessárias. Nos trens, há espaço para carregar malas. 
 
Apesar de o transporte público ser eficaz, ele não é a alternativa mais rápida para o trajeto. Para realizar viagens de/para o aeroporto os táxis/Uber são bastante utilizados. Uma viagem entre a região central de Singapura e o Chang Airport custa entre 20 e 30. Se você estiver em um pequeno grupo de pessoas, o custo/benefício de cada passageiro fica ainda melhor.
Dicas
Documentação
Brasileiros que visitam Singapura a passeio por até 30 dias não precisam de visto. No entanto, é necessário ter um passaporte com validade de pelo menos 6 meses a partir da data de entrada desejada, prova de recursos financeiros, passagem aérea de ida e volta e certificado de vacinação contra febre amarela.
 
Língua
As línguas oficiais de Singapura são o inglês, tâmil, língua malaia e chinês (mandarim). Singapura é um lugar cheio de imigrantes, portanto várias línguas são ouvidas ao caminhar pelas ruas. O inglês, principalmente, é bastante falado, assim como o “singlish”, uma mistura de inglês e chinês falados coloquialmente. Saber inglês é suficiente para se virar onde precisar na cidade.
 
Moeda
A moeda de Singapura é o Dólar de Singapura (SGD), representado geralmente por S$. É uma moeda valorizada em relação ao real e que não encontramos para comprar no Brasil com facilidade.
 
Segurança
Singapura é um local seguro, onde você pode caminhar tanto de dia quanto à noite sem se preocupar em ter seus pertences roubados. Em áreas de grande movimento, é claro, é recomendado ter mais cuidado com seus objetos e não deixá-los fora de seu campo de visão. As leis do país são bastante rígidas, então o índice de criminalidade é baixo.
 
 Fuso Horário
O fuso horário de Singapura é o GMT+ 8, o que significa que a cidade está 11 horas à frente do horário oficial brasileiro. No início da viagem, um horário tão diferente pode causar o chamado jet lag; para diminuir esses estranhos efeitos, você pode tentar se acostumar ao horário da cidade asiática antes mesmo de viajar. 
 
Tomada
A rede elétrica de Singapura é de 230 V. As tomadas seguem o padrão do Reino Unido, com um pino vertical e dois pinos horizontais. Provavelmente será preciso um adaptador para recarregar seus dispositivos eletrônicos, mas alguns hotéis já oferecem aos seus hóspedes adaptadores universais. 
 
Celular
Para facilitar seu deslocamento pela cidade ou para não perder o acesso à internet durante a viagem, vale muito a pena comprar um chip pré-pago para inserir em seu smartphone. Compramos o chip para turistas da Singtel na loja de conveniência 7 Eleven e achamos um ótimo negócio. O valor pago foi de S$15 por 5 dias de uso, com direito a 4GB de internet. Como o chip está disponível apenas para turistas, foi preciso mostrar o passaporte para poder comprá-lo. Para mais informações, clique aqui.
 
Gastronomia
Embora muitas pessoas tenham receio de encontrar comidas estranhas ao viajar pela Ásia, em Singapura você não precisa ter isso como preocupação, pois realmente é possível encontrar restaurantes variados, que servem pratos da gastronomia internacional, italiana, francesa, americana, etc. 
 
Leis
Talvez você já saiba, mas Singapura tem leis rígidas e algumas vezes um tanto inusitadas. Esse é um assunto importante a se informar antes de realizar a viagem para não sofrer com qualquer contratempo. Em diversos locais, é proibido comer nas ruas de forma a preservar a limpeza das vias. Jogar lixo no chão também é proibido, assim como mascar chicletes é bom nem levá-los, pois existe multa para isso. Não dar descarga em banheiros públicos pode gerar multa, assim como fumar em locais proibidos. 

777 TUR: Desde 2010!!!

Faça Seu Pedido Abaixo:

AV.BARÃO DE MAUÁ, 684, 1° ANDAR - MAUÁ SÃO PAULO - 09310-000

TELEFONE: (11) 2375-7377 / (11) 2375-7477

WHATSAPP: (11) 97218-9884

E-MAIL: contato@777tur.com.br

  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • LinkedIn - Black Circle
  • Google Maps - Círculo preto