MOSCOU

1/4
Quando Ir?
Este é um ponto importante que o turista deve levar em consideração antes de bater o martelo, fazer as malas e partir rumo à capital russa. Aqueles que buscam temperaturas mais amenas devem optar pelo período que vai de junho até setembro, sendo o verão, com certeza, a estação preferida por aqueles que desejam andar muito pela cidade e aproveitar o tempo bom para conhecer os principais pontos turísticos e visitar alguns parques.
 
Só para constar, mesmo no verão cuja temperatura máxima gira em torno de 25ºC - é provável que as noites sejam um pouquinho mais frias (nada que um casaco leve não resolva); além disso, chuvas podem ocorrer durante os meses de julho e agosto. Portanto, é bom se preparar levando capas de chuva, por exemplo.
 
De setembro a maio há probabilidade maior de queda dos preços de hospedagem na cidade. As paisagens locais também ficam lindíssimas, principalmente quando neva, porém é bom se preparar para o frio intenso, que não costuma dar muita trégua (no inverno, a temperatura mínima é de -9°C, em média). Daí a importância de se preparar adquirindo roupas e calçados especiais para enfrentar baixas temperaturas.
 
O que levar na mala
Um bom e confortável par de tênis para os que pretendem explorar a cidade a pé. No inverno, casacos e calçados adequados, meias térmicas, luvas, gorro e cachecol. No verão, roupas leves, atentando sempre para o fato de em alguns locais não é permitido entrar usando shorts.
O que Fazer?
Moscou é uma cidade realmente grande, mas a boa notícia é que vários pontos turísticos e monumentos importantes estão a uma curta distância uns dos outros, como Kremlin, Praça Vermelha, museus Pushkin, Galeria Tretyakov, entre outros. Para acessar todos os outros pontos, no entanto, o visitante tem à sua disposição o eficiente metrô, o meio de transporte preferido por locais e visitantes.
 
Reserve ao menos quatro dias de estadia se a sua intenção é explorar a cidade adequadamente. Fique atento, também, para o fato de que a visita a alguns lugares como o Kremlin precisa ser pensada com certa antecedência, pois os horários de entrada são pré-estabelecidos pela organização local.
 
O Teatro Bolshoi é outra atração que não pode ficar para a última hora devido aos ingressos, que costumam se esgotar num piscar de olhos.
 
Os valores cobrados pela maioria dos pontos turísticos da capital não são tão abusivos, se comparados com cidades europeias consideradas caras, como Paris e Londres, porém, na Rússia o turista acaba desembolsando mais do que o habitante local, e isso está explícito em placas que ficam na entrada das atrações.
Segundo informações locais, os rublos a mais pagos por visitantes acabam custeando a manutenção desses pontos turísticos.
Como Chegar?
De Avião
Não há voos diretos das principais capitais brasileiras para Moscou, mas voos com conexões nas mais diversas partes da Europa. A capital da Rússia é servida por três aeroportos e a Aeroflot é a principal empresa de aviação do país. Uma sugestão para aqueles que já estiverem no Velho Continente e desejam economizar é voar por empresas low cost, como a Estonian Air (partindo de Amsterdã, na Holanda, e de Tallin, na Estônia), a Easyjet (de Londres) e a Aigle Azur (de Paris).
 
De Trem
Trens também conectam algumas cidades da Europa a Moscou, porém esta pode não ser a maneira mais rápida e barata, dependendo do ponto de partida. Passageiros provenientes de Praga (República Tcheca), Kiev (Ucrânia) e Budapeste (Hungria) desembarcam na estação Kievskiy (estação do metrô Kievskaya). Já trens de alta velocidade provenientes de São Petersburgo chegam na estação Leningradskiy.
De Carro
Acessar e locomover-se de carro na capital da Rússia pode não ser uma ideia muito boa devido ao trânsito local, em geral bastante confuso, além de toda a má fama dos motoristas moscovitas em não respeitarem sinais de trânsito e limites de velocidade.
Engarrafamentos também costumam ser frequentes nas mais diversas partes da cidade e o idioma é uma enorme barreira para os estrangeiros que não o dominam. Isso porque todas as placas indicativas estão no alfabeto cirílico.
Dicas
Saque de dinheiro/Câmbio
Evite sacar dinheiro em caixas eletrônicos que não estejam acoplados a agências bancárias. Caso o seu cartão fique preso na máquina, é possível recuperá-lo de volta rapidamente. Além disso, não se arrisque trocando moeda com estranhos nas ruas. Dirija-se à casa de câmbio mais próxima, é sempre mais seguro!
No Táxi
Em Moscou, qualquer carro na rua é um táxi em potencial. Basta acenar para que vários veículos particulares se ofereçam para fazer a corrida. A dica, porém, é sempre optar por táxis oficiais com taxímetro ou taxistas que negociem a corrida previamente; caso contrário, você pode pagar um valor absurdo.
 
No Metrô
Permaneça sempre do lado direito nas escadas rolantes, caso não esteja com pressa. O lado esquerdo fica livre para os que precisam se deslocar com mais rapidez dentro da estação.
 
Cuidado ao atravessar a rua!
O trânsito em Moscou, realmente, não é dos mais fáceis, mas passagens subterrâneas para pedestres estão espalhadas por todas as partes da cidade. O melhor é sempre optar por essas galerias, quando disponíveis, e não se arriscar tentando atravessar a rua.
 
No restaurante
A maioria dos bares e restaurantes de Moscou não inclui a gorjeta na conta final, porém é de praxe que o cliente reserve ao menos 10% para o prestador do serviço.
Segurança
Muita gente tem dúvidas sobre quão segura é a capital da Rússia para turistas. Como em toda cidade grande, é preciso ter muito cuidado. Fique sempre atento a bolsas, carteiras e mochilas devido à presença de batedores, principalmente em áreas muito cheias. A região turística costuma ser segura, porém é bom não vacilar, evitando andar sozinho muito tarde da noite ou dando a entender que é turista falando alto em outro idioma e exibindo câmeras fotográficas, por exemplo. Outra dica é que o visitante ande com cópias do passaporte na bolsa e mantenha o documento original guardado em um lugar seguro. 

777 TUR: Desde 2010!!!

Faça Seu Pedido Abaixo:

AV.BARÃO DE MAUÁ, 684, 1° ANDAR - MAUÁ SÃO PAULO - 09310-000

TELEFONE: (11) 2375-7377 / (11) 2375-7477

WHATSAPP: (11) 97218-9884

E-MAIL: contato@777tur.com.br

  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • LinkedIn - Black Circle
  • Google Maps - Círculo preto