FLORENÇA

1/4
Quando Ir?
Florença tem estações bem definidas e, por isso, o ideal é planejar a viagem de acordo com a sua preferência: frio, tempo agradável ou calor. A cidade tem um clima temperado, ou seja, verões quentes e secos e invernos bem frios. 
 
A primavera (20 de março a 20 de junho) é uma excelente época para visitar Florença, principalmente no final da estação. Durante o mês de março, ainda chove e faz frio, com temperatura máxima em torno de 15 graus e mínima de 6 graus. A partir de abril, no entanto, os dias começam a ficar ensolarados, com pouca possibilidade de chuva. As temperaturas ficam agradáveis, com máxima por volta dos 23 graus.
 
Em maio, a temperatura já pode chegar aos 27 graus, anunciando a chegada do verão. Além das temperaturas agradáveis, a primavera enche de cores as paisagens toscanas, com uma variedade incrível de flores nos jardins. Outra vantagem é que os dias, assim como no verão, ficam mais longos, com pôr do sol às 21h.
 
Durante o verão (21 de junho a 22 de setembro), a temperatura máxima fica na média dos 35 graus, podendo chegar a 40, principalmente em julho, auge da estação. A temperatura mínima fica em torno dos 18 graus. Ou seja, casaquinhos são bem-vindos durante a noite. Nessa época, as chuvas são muito raras e é possível ver lindos campos de girassol nas paisagens toscanas.
 
O outono (23 de setembro a 21 de dezembro), assim como a primavera, também é uma boa época para visitar Florença, por causa das temperaturas mais amenas. Em setembro, ainda é esperada uma temperatura máxima de cerca de 25 graus. A partir de outubro, no entanto, já cai para os 20 graus, em média; bom para quem gosta de clima fresco.
 
Novembro e dezembro, porém, já indicam a chegada do inverno e as temperaturas caem bastante, podendo chegar a mínima de 5 graus. A época é mais chuvosa, principalmente entre o final de outubro e dezembro, então a umidade pode atrapalhar um pouco os passeios durante esses meses. No entanto, as paisagens em setembro e outubro ganham cores mais douradas, por isso é uma boa época para fotógrafos. 
 
O inverno (22 de dezembro a 19 de março) em Florença costuma ser rigoroso: a temperatura mínima pode ficar um pouco abaixo de 0 grau. A máxima costuma ficar em torno de 7 graus. O mês de dezembro é bastante chuvoso, mas as chuvas tendem a ficar mais raras a partir de janeiro. Apesar do frio intenso, raramente neva na cidade. Uma desvantagem é que os dias ficam muito curtos: o sol aparece lá pelas 9h e se põe por volta das 16h.
O que Fazer?
Não faltam opções para todos os tipos de turistas em Florença. Além do famosíssimo Complexo do Duomo (para mais informações, leia a seção Piazza del Duomo), a cidade tem uma série de igrejas antiquíssimas e muito bonitas, como a Basilica di Santa Croce e a Basilica di San Lorenzo.
 
Para quem gosta de ver o movimento tranquilamente e aproveitar a cidade sem pressa, as inúmeras praças com restaurantes e cafés muito charmosos são boas pedidas. Basta se sentar e curtir o clima. A Piazza della Repubblica e a Piazza della Signoria são ideais para isso.
Já os que gostam de plantas e jardins ficarão encantados com o Jardim de Boboli, no Palazzo Pitti, e com a Piazzale Michelangelo, com várias flores e uma vista deslumbrante de Florença. Gosta de mercados de rua? Está no lugar certo! Florença tem vários mercadinhos muito especiais, como o Mercado de Pulgas e o Mercato della Paglia. Quer visitar museus? Florença tem alguns dos principais museus do mundo.
 
Já percebeu que Florença é para todos os gostos, né? Que tal Florença ser o seu próximo destino.
Como Chegar?
Chegando de avião
Para quem está no Brasil, é possível chegar ao Aeroporto Amerigo Vespucci - Firenze Peretola, em Florença, a partir de conexões em outros aeroportos europeus, já que não há voos diretos partindo do Brasil para a capital toscana.
 
Para quem já está na Europa, chegar de avião também é uma ótima opção, já que existem voos de empresas low cost a preços baixíssimos. Há ainda a opção de trem, já que Florença tem uma das estações mais importantes da Itália: a Santa Maria Novella. Os que não têm pressa podem ainda chegar à capital toscana de ônibus, apesar de o transporte rodoviário ser menos popular por demorar mais do que os trens, de uma maneira geral.
 
O Aeroporto Amerigo Vespucci ou Firenze Peretola (FLR) recebe, diariamente, voos das principais cidades europeias, como Paris, Londres, Madri, Frankfurt, Roma e Viena. Aberto das 4h30 à 0h30, o aeroporto fica a 6 quilômetros de distância do centro de Florença. Para chegar até a cidade, existem quatro formas de transporte:
 
Ônibus
A parada de ônibus fica no fim da pista principal do aeroporto (1 minuto a pé). O bilhete, que custa 6 euros, pode ser comprado diretamente com o motorista. O serviço, operado pela Busitalia, funciona todos os dias, inclusive feriados, das 6h da manhã às 23h30. Entre 6h e 20h30, há ônibus a cada meia hora. A partir das 20h30, a cada hora (20h30, 21h30, 22h30 e 23h45). A parada final é a Via Santa Caterina da Siena, exatamente ao lado da principal estação de trem de Florença, a Santa Maria Novella. A viagem dura cerca de 30 minutos, dependendo do trânsito.
 
Táxi
O serviço é oferecido até o fechamento do aeroporto (0h30) e tem corridas tabeladas. As corridas até o centro custam 20 euros. Em feriados, 22 euros. Durante a madrugada, o serviço custa 23,30. Bagagens são cobradas: 1 euro cada peça. 
 
 Serviço de limusine
Duas empresas fazem o trajeto Aeroporto-Centro de Florença a partir de 60 euros. O preço varia de acordo com o modelo do carro e a quantidade de assentos disponíveis no veículo.
 
Aluguel de carros
As lojas de aluguel de carro ficam na saída do aeroporto, no Palagio degli Spini. O aeroporto oferece vans a cada 20 minutos para levar os passageiros até a área de aluguel de carro. Ao todo, são sete empresas: Auto Europa, Avis, Budget, Europcar, Hertz, Maggiore Nacional e Sixt. 
 
Chegando de trem
A Itália tem uma boa malha de ferrovias e os trens costumam ser pontuais, então viajar dessa forma por lá é uma maneira prática e eficiente. A Toscana quase inteira é conectada por estações, então quem quiser pegar um trem para Florença não encontrará dificuldades. A estação Santa Maria Novella é uma das principais do país e a mais central de Florença (a menos de 1 km da Piazza del Duomo, coração da cidade).  
 
Comprar bilhetes de trem na Toscana é bem simples: os trens regionais nunca estão cheios e é possível adquirir a passagem na hora da viagem. Elas são vendidas em guichês ou em máquinas e não têm data, podem ser usadas em um período de seis meses. Mas atenção: antes de embarcar, é necessário validar o bilhete, colocando-o em uma das várias máquinas de validação espalhadas pelas estações.
Chegando de ônibus
Apesar de não ser o meio mais popular de viagens na Itália, é possível viajar de outras cidades para Florença. Partindo de Roma, por exemplo, a viagem dura cerca de 4h e custa 25 euros. Já em viagens pela Toscana, o ônibus pode ser uma opção melhor, já que as distâncias são mais curtas e não se perde tanto tempo em estradas. As estradas toscanas, apesar de não terem acostamento e serem bem estreitas, têm boas condições de asfalto e oferecem paisagens de tirar o fôlego.
Dicas
Documentação
Brasileiros não precisam de visto para entrar na Itália e podem ficar até três meses como turistas. No entanto, a zona Schengen (que inclui França e Itália, por exemplo) cobra seguro-saúde no valor de 30 mil euros durante a temporada no local. Por isso, não se esqueça de levar um comprovante do seguro-saúde, de preferência, em inglês.
 
O passaporte precisa ter validade mínima de seis meses. Outra dica é ter uma cópia das passagens de volta e dos hotéis reservados durante a estadia no país. Em geral esses itens não são cobrados pelas autoridades, mas é melhor se prevenir. Em alguns casos, eles podem pedir ainda para o turista mostrar a quantidade de euros que estão levando consigo. 
 
Moeda
 A moeda na Itália é o euro. Lá o uso de moedas é muito grande, já que existem moedas de até 2 euros. Portanto, é prático levar um porta-níqueis para não ficar com moedas soltas na bolsa ou no bolso. Apesar de a maioria dos estabelecimentos aceitar cartão, o ideal é partir do Brasil com uma reserva em espécie.
 
Bagagem
a maioria das companhias aéreas permite duas malas de até 23kg para pessoas saindo do Brasil com destino à Itália, além da bagagem de mão. O recomendável é sempre levar itens valiosos consigo, como joias, máquinas fotográficas e laptops, além dos carregadores, já que (embora seja pequeno) sempre existe o risco de a mala ficar perdida em algum aeroporto. Por isso, também não custa nada levar uma troca de roupa. Outra dica importante é levar uma doleira (aqueles bolsinhos com um elástico que você amarra na cintura e coloca por debaixo da roupa) para guardar passaporte e dinheiro em um local seguro. 
 
Comércio
O horário do comércio, em geral, é de 9h30 às 19h. No verão, no entanto, o horário pode ser esticado um pouquinho. Algumas lojas fecham durante o almoço e só reabrem após as 15h. 
 
Alugar Carro 
Para quem quiser alugar carro, a carteira de motorista brasileira é válida em território italiano, desde que tenha uma tradução juramentada e vigente pelo período de um ano após a entrada na Itália. Uma opção mais simples e prática é tirar a carteira de motorista internacional, ela é válida pelo mesmo período da sua carteira de motorista. Assim, você pode aproveitar a carteira internacional não apenas na Itália, mas em outros países. Para tirar a carteira de motorista internacional, consulte o site www.denatran.gov.br.
 
O aluguel de carro na Toscana é uma forma excelente de conhecer a região com calma e no seu ritmo. As estradas, apesar de estreitas, são bem cuidadas e, em geral, vazias. A sinalização pode deixar um pouco a desejar. Por isso, alugue um GPS também, pois ele pode evitar algumas horas perdidas em estradas, o que não necessariamente será ruim, já que as paisagens são incríveis. 
 
Fuso Horário 
O fuso horário da Itália em relação ao Brasil é de 4 horas a mais. No nosso horário de verão, a diferença cai para 3 horas. No horário de verão deles, que na verdade começa na primavera, a diferença aumenta para 5 horas. 
 
Clima
 Cheque sempre como está o tempo antes de viajar. Apesar de as estações serem bem marcadas em Florença, pode acontecer de o tempo virar. Por isso, mesmo durante o verão, leve alguns casaquinhos para garantir. 

777 TUR: Desde 2010!!!

Faça Seu Pedido Abaixo:

AV.BARÃO DE MAUÁ, 684, 1° ANDAR - MAUÁ SÃO PAULO - 09310-000

TELEFONE: (11) 2375-7377 / (11) 2375-7477

WHATSAPP: (11) 97218-9884

E-MAIL: contato@777tur.com.br

  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • LinkedIn - Black Circle
  • Google Maps - Círculo preto